Com o tempo, as formas contemporâneas do Yoga me conduziram para raízes mais profundas da cultura indiana: a lingua sânscrita e sua escrita, o devanagari, as escrituras, seu som e sentido.  Através de aulas com professores, como Marcelo Cruz e Glória Arieira, pude me apropriar dos conhecimentos contidos na tradição Advaita Vedanta - escola do pensamento indiano que aborda o  autoconhecimento e a busca do homem por sua plenitude. Em 2015 viajei para Índia e pude participar, com a graça do destino, do último curso de verão ministrado por Swami Dayananda (que veio a falecer no mesmo ano), considerado um renomado mestre de Vedanta. Desde então, tenho mantido um vínculo com essa tradição de maneira bastante autônoma - por meio da interpretação, recitação e reflexão sobre as escrituras védicas. Procuro intercalar esses estudos com a prática psicofísica do yoga e com leituras acadêmicas atuais sobre temas correlatos como forma de manter uma atitude de crítica e diálogo entre tradição e contemporaneidade, filosofia perene e outros conhecimentos, tais como autodesenvolvimento, saúde física e mental e nutrição. Expresso parte desse dialogo em trabalhos acadêmicos (vide abaixo).

Paralelo ao meu interesse pela tradição indiana, tenho como área de experimentação e profissão outras práticas corporais e terapias manuais. Depois de formado em Educação Física, senti a necessidade de estudar o corpo sob o olhar terapêutico. Dessa maneira, decidi por uma formação em Osteopatia, que realizei em Portugal entre 2011 e 2013. Este curso 'veio a calhar', pois estava justamente procurando um sistema médico que tivesse uma compreensão mais abrangente sobre o corpo e os processos saúde-doença, e que colocasse o "paciente" em uma posição mais ativa, levando em consideração a sua própria capacidade de cura e restabelecimento da saúde. Durante minha formação, aprendi a investigar problemas de saúde (anamnese) e quais a suas características mais comuns.

 

Nos últimos anos comecei a desenvolver um especial interesse pela fáscia - tecido que se estende por todo o corpo, conectando músculos, ossos e orgãos. Além de inúmeras funções primordiais para o funcionamento do corpo, a fáscia é considerado a sede das emoções, portanto as abordagens que têm esse tecido como foco promovem expressivos benefícios psicológicos e de bem-estar muscular. Ano passado, iniciei a formação em somato-psicopedagogia do Método Danis Bois, com o intuito de desenvolver uma sensibilidade e um olhar mais dedicado para esse tecido, a fascía, que ganha cada vez mais o interesse da ciência (veja este documentário sobre). Esse site faz parte de minha pesquisa de conclusão de curso em Fasciaterapia, em que proponho uma  intersecção de métodos - o yoga e o paradigma do Sensível, de Danis Bois.

.:.

Graduado em Educação Física (UFSC) | Monografia: Pesquisa sobre os Centros de Yoga de Florianópolis |

Especialista em Técnicas Osteopáticas (ITS/Lisboa) | Relatório de Estágio: Caso clínico sobre dor lombar crônica |

Especialista em Saúde da Família (UFSC) | Trabalho de conclusão de Residência: O yoga e a acupuntura para a autonomia do usuário do SUS |

Mestre em Saúde Coletiva (UFSC) | Dissertação: Contribuições do Yoga Sutra de Patanjali para a saúde mental na Atenção Primária à Saúde |

Formado em Somato-psicopedagogia | Monografia: Imbricamentos do método Danis Bois sobre a prática de Hatha Vinyasa Yoga: uma proposta de reinterpretação de conceitos da trádição yóguica (em desenvolvimento) | 

Doutorando em Saúde Coletiva (UFSC)

Meu fascínio pelas práticas corporais começou cedo na vida. Aos seis anos, fui iniciado na capoeira. Aos quatorze, conheci a musculação e durante o ensino médio, o Yoga. Durante minha graduação em Educação Física tive a oportunidade de me aprofundar teórica e vivencialmente nessas e em outras 'escolas de movimento', o que me fez nutrir o interesse pelo fitness, pela biomecânica, pela estética do movimento e pelas potencialidades do corpo. Neste período, realizei formações em Yoga com Camila Reitz (2009) e Tales Nunes (2010) e iniciei minha trajetória como instrutor de Yoga no projeto Práticas Corporais da Universidade Federal de Santa Catarina.

Yoga Mimesis

Tel: (48) 99948-5746

©2020 por Yoga Flow. Orgulhosamente criado com Wix.com